A adição da fé revoluciona o poder do amor.

O belo salão de festas do Marriott Hotel, em Chicago, estava lotado, com mais de 1.300 estudantes universitários e funcionários da Campus Crusade. Expliquei uma das mais emocionantes descobertas espirituais que já fiz - como amar pela fé.

Durante anos eu falei sobre o assunto do amor. Eu tinha um esboço simples de 4 pontos:
  1. Deus te ama incondicionalmente.
  2. Você é ordenado a amar os outros - Deus, seus vizinhos, seus inimigos.
  3. Você é incapaz de amar os outros em sua própria força.
  4. Você pode amar os outros com o amor de Deus.
Mas, como no caso da maioria dos sermões sobre o amor, algo estava faltando. Então, há alguns anos, nas primeiras horas da manhã fui despertado de um sono profundo. Eu sabia que Deus tinha algo a dizer para mim. Senti-me impressionado ao levantar-me, abrir minha Bíblia e me ajoelhar para ler e orar. O que eu descobri durante as próximas 2 horas desde então enriqueceu minha vida e as vidas de dezenas de milhares de outras pessoas. Eu aprendi a amar.

Amor: O Maior Poder Já Conhecido

Com essa descoberta, Deus me deu a ordem para compartilhar essa verdade maravilhosa com os cristãos de todo o mundo. Naquele momento de comunhão com o Senhor que mudou a minha vida, recebi um quinto ponto para o meu sermão sobre o amor - nós amamos pela fé.

O amor é a maior coisa do mundo - o maior privilégio e poder conhecido pelo homem. Sua ênfase na vida e na palavra mudou o curso da história, uma vez que os cristãos do primeiro século demonstraram uma qualidade de vida nunca antes testemunhada na Terra. Os gregos, romanos, gentios e judeus se odiavam. A própria ideia de amor e auto sacrifício era estranha ao pensamento deles. Quando eles observaram cristãos de muitas nações, com diferentes idiomas e culturas, realmente se amando e se sacrificando para ajudar uns aos outros, eles responderam com espanto: "Eis como essas pessoas se amam!"

Eu desafiei os estudantes na conferência a se tornarem parte de uma revolução do amor. Sugeri que fizessem uma lista de todos os indivíduos de quem não gostavam e comecem a amá-los pela fé.

Bem cedo na manhã seguinte, uma jovem de olhos brilhantes e rosto reluzente me disse: "Minha vida mudou na noite passada. Por muitos anos eu odiei meus pais. Eu não os vejo desde os 17 anos, e agora estou com 22. Eu saí de casa como resultado de uma briga há 5 anos e não escrevo ou falo com eles desde então, embora eles tenham tentado repetidas vezes me encorajar a voltar para casa. Eu determinei que nunca mais os veria novamente.

"Antes de me tornar cristã há alguns meses", ela continuou, "eu me tornara viciada em drogas, traficante de drogas e prostituta. Ontem à noite você me disse como amar meus pais, e mal podia esperar para sair daquela reunião e ligar para os meus pais. Você acredita?. Eu agora realmente os amo com o tipo de amor de Deus e mal posso esperar para vê-los”.

Todo mundo quer ser amado. A maioria dos psicólogos concorda que a maior necessidade do homem é amar e ser amado. Nenhuma barreira pode suportar a força poderosa do amor.

Existem 3 palavras gregas traduzidas na palavra em português "amor":
  • Eros, que sugere desejo sensual - não aparece no Novo Testamento;
  • Phileo, que é usado para amizade ou amor de amigos ou parentes - transmite uma sensação de amar alguém porque é digno de amor; e
  • Ágape, que é o amor de Deus: o tipo mais puro e profundo de amor - é expresso não através de meras emoções, mas como um ato da vontade de alguém.
Ágape é o amor sobrenatural e incondicional de Deus por você revelado supremamente através da morte de nosso Senhor na cruz por nossos pecados. É o amor sobrenatural que Ele quer produzir em você e através de você para os outros, pelo Seu Espírito Santo. O amor ágape é dado por causa do caráter da pessoa que ama, e não por causa do valor do objeto desse amor. Às vezes é amor "apesar de" e não "por causa de".

Deus ressalta a importância deste tipo de amor através da caneta inspirada do apóstolo Paulo, conforme registrado em 1 Coríntios 13. Nesta linda e notável passagem da Escritura, Paulo escreve que, além do amor, qualquer coisa que você possa fazer por Deus ou outros não tem valor. Considere estas palavras:

Se eu tivesse o dom de poder falar em outras línguas sem aprendê-las, e pudesse falar em todas as línguas que existe em todo o céu e na terra, mas não amar os outros, eu estaria apenas fazendo barulho.

Se eu tivesse o dom da profecia e soubesse tudo sobre o que aconteceria no futuro, soubesse tudo sobre tudo, mas não amasse os outros, que bem faria? Mesmo que eu tivesse o dom da fé para poder falar com uma montanha e fazê-la se mover, eu ainda não valeria nada sem amor.

Se eu desse tudo o que tenho às pessoas pobres, e se eu fosse queimado vivo por pregar o Evangelho, mas não amar os outros, isso não teria valor algum.

Em outras palavras, não importa o que você faça por Deus e pelos outros, isso não tem valor a menos que você seja motivado pelo amor de Deus.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem